[Fechar]

.....

.....
nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

ALERTA: Passos inicia nova série de mutirões contra a dengue


A Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Passos, através do Departamento de Saúde Coletiva, inicia neste sábado (14) uma nova série de mutirões de limpeza para combater o mosquito da dengue. Serão 16 mutirões em toda a cidade, começando pela região do Bairro da Penha, onde o índice de infestação do Aedes aegypti (o mosquito transmissor da doença) indicou médio risco de epidemia de dengue. Durante o mutirão de limpeza de quintais, residências e estabelecimentos comerciais, uma equipe estará disponível para moradores denunciarem imóveis que podem servir de criadouro do inseto.

O mutirão será realizado pela manhã nas seguintes localidades: Primavera II, Coração Eucarístico, Penha II, Cohab II e Cohab V. Toda a população desses locais deve contribuir, abrindo as portas para os agentes de combate a endemias (os agentes da dengue), fazendo a inspeção e colocando material inservível no passeio para o pessoal da limpeza urbana recolher.

Quem souber de alguma casa ou estabelecimento comercial com objetos que podem acumular água e servir de criadouros do mosquito da dengue poderá denunciar a uma equipe do Núcleo de Zoonoses, que estará no local exclusivamente para receber as informações.

Segundo Osvaldo Rattis, coordenador do Núcleo de Controle de Zoonoses – órgão da Saúde Coletiva responsável pela ação –, com o fim do risco de epidemia no final do primeiro semestre, quando foram feitos mais de 30 mutirões e diversas outras ações contra a dengue, parte da população se acomodou e o mosquito voltou a por ovos em recipientes sobre os quais os moradores costumam se mostrar descuidados: pratinhos de vasos de plantas, bandeja de degelo das geladeiras e bebedouro de animais.

Em várias localidades da Penha, a população se mostrou a menos cuidadosa nos últimos meses. O levantamento de índice rápido do Aedes aegypti (LIRAa) feito em outubro mostrou um risco médio de epidemia. No restante da cidade, o índice é de baixo risco de epidemia, mas os mutirões serão realizados para a infestação cair a níveis tranquilizadores.

Segundo Rattis, o LIRAa da Penha causa preocupação porque a quantidade de mosquito da dengue pode aumentar neste período de calor e chuva e trazer de volta a epidemia da doença. “Houve uma acomodação dos moradores. Quando o índice melhora é que a gente tem que redobrar a atenção”, alerta, acrescentando que uma vistoria semanal dentro e fora das residências, durante dez minutos, é fundamental para evitar a reprodução do mosquito.

Por Ascom/Prefeitura de Passos

Postado por Passos 24 Horas on 13:10. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos