[Fechar]

.....

.....
nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

Palco do Faustão vira palanque de desabafo político de famosos


O palco do "Domingão do Faustão" se transformou em um palanque de desabafo político por parte dos famosos que participaram da atração. Logo após o anúncio dos vencedores do prêmio "Melhores do Ano", realizado ao vivo neste domingo (13), Faustão quis saber de cada um dos convidados presentes o que eles desejavam para 2016.

Em suas respostas, alguns famosos, como Cássia Kis Magro, Tonico Pereira, Fernanda Torres e Paolla Oliveira, esbravejaram contra o atual cenário político brasileiro. Cássia Kis se exaltou e chegou a chorar durante seu discurso. Tonico Pereira não poupou críticas à Câmara dos Deputados. Veja os depoimentos políticos dos famosos sobre seus desejos para o novo ano:

Cássia Kis

Vou ser bem política. Eu quero que o governo se pergunte finalmente qual é a função dele, para que ele existe? Para trazer educação. Para finalmente não colocar ninguém na cadeia, punindo quem é ignorante por causa do governo. Ele nos faz ignorantes. E não pode mais fazer isso. Então ele tem que se perguntar qual é a função dele, para que ele existe? Nós pagamos o governo, o presidente é quase nosso empregado, é a nós que ele deve todas as obrigações.

Paolla Oliveira

As palavras da Cássia disseram muita coisa para todo mundo, as palavras dela são nossas aqui, de todos nós. Amor, respeito, que a gente não se cale, que a gente faça no dia a dia a Justiça que deve ser feita, e não só esperando dos outros, vamos fazer, vamos movimentar os nossos desejos.

Tonico Pereira

(Desejo) mais dez, 15, talvez 20 anos de trabalho para pagar as minhas dívidas, e fundamentalmente uma Câmara dos Deputados que represente verdadeiramente o povo brasileiro, porque a culpa não está sempre no Executivo, não. Nós temos uma quadrilha lá na Câmara dos Deputados e é essa que nós temos que eleger e tratar.

Fernanda Torres

Espero que a comissão de ética não adie mais uma vez, para 2017, o que eles têm que votar, e que 2016 nos seja um pouco mais leve.

Alexandre Nero

Acho que a gente precisa de menos opiniões e mais conhecimento. Vamos atrás de conhecimento, saber das coisas.

Taís Araújo

Acho que vem um ano difícil para todo mundo aí, acho que é coragem e saúde para a gente enfrentar esse ano de peito aberto.

Lázaro Ramos

Menos brutalidade, mais afeto e mais investimento em educação.

Enrique Diaz

Educação, crianças, salários dos professores, mais condições na educação para as crianças que são o futuro do nosso País.

Juliano Cazarré

Liberdade de pensamento, liberdade de opinião, liberdade sexual. Liberdade, liberdade e tolerância para lidar com a liberdade do outro. 

*Com informações do IG

Postado por Passos 24 Horas on 09:58. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos