nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

Audiência levanta propostas para Hospital Otto Krakauer


A Audiência Pública da Câmara Municipal de Passos que discutiu a situação do Hospital Otto Krakauer reuniu um grande número de pessoas na noite de segunda-feira (23 de maio). Funcionários, diretores, gestores da Saúde, entre outros, comparecerem interessados em encontrar uma solução para a crise da instituição – que corre o risco de fechar devido aos déficits sucessivos por conta dos baixos valores de internação pagos pelo SUS. 

O presidente da Fundação São João da Escócia – mantenedora do Hospital -, Audir Ribeiro de Abreu, depois de relatar que o déficit  chega a R$ 80.000 por mês, informou que há caixa para o Hospital funcionar só mais 45 dias. O deputado estadual Cássio Soares informou ter reunião marcada para o dia 1º de junho com o secretário de Estado da Saúde, para quando há a expectativa de uma saída a ser apontada pelo gestor estadual para evitar o fechamento.

Houve a proposta apresentada pelo vereador Hilton Silva (PSDB) para o deputado ser  acompanhado na reunião por representantes de diversos segmentos da comunidade, de Passos e região, com o objetivo de reforçar a demanda. O vereador Alex Bueno (PSD) sugeriu a idéia de criação de um consórcio, através do qual as prefeituras garantiriam pequeno repasse mensal, para assegurar o atendimento pelo Hospital.

O superintendente regional de Saúde, Luiz Carlos Leite, disse que há o entendimento dentro da Secretaria sobre a importância da instituição – uma vez que atende a mais de 100 cidades. De acordo com ele, na região macro do Sul de Minas além do Otto Krakauer só existe hoje uma outra instituição voltada para internações psiquiátricas, o Hospital Gedor, de São Sebastião do Paraíso, que  vive as mesmas dificuldades.

A Audiência reuniu também a secretária municipal de Saúde, Angelita Borges; a prefeita de São João Batista do Glória, Aparecida Nilva dos Santos; representantes dos deputados Rodrigo Pacheco e Emidinho Madeira e o Conselho Municipal de Saúde que, junto com cerca de outras 80 pessoas, manifestaram apoio à iniciativa da Câmara Municipal de debater a questão. 

Ordinária
Dezenove requerimentos de vereadores foram aprovados na reunião ordinária da Câmara Municipal de Passos, realizada na tarde de segunda-feira (23 de maio). As proposições foram apresentadas pelos vereadores Iran Parreira (PMDB), Alex Bueno e Reinaldo Oliveira (Nardão) – ambos do PSD.
Em primeiro turno o plenário aprovou projeto de lei do Executivo que acrescenta dispositivos à Lei Municipal nº 3.048, de 19 de dezembro de 2013, que dispõe sobre o tratamento favorecido e diferenciado à microempresa, à empresa de pequeno porte e ao microempreendedor individual.
Ainda em primeiro turno foi aprovado projeto de autoria do vereador Iran Parreira, que autoriza a criação de campanha educativa que incentiva o respeito às vagas de estacionamento para idosos e deficientes.
Em turno único de discussão, o plenário aprovou projeto do Executivo que autoriza a abertura de crédito adicional especial ao orçamento.

Por Câmara Municipal de Passos

Postado por Passos 24 Horas on 19:00. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos