[Fechar]

.....

.....
nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

Internautas manifestam apoio à mulher agredida por marido de delegada em Três Corações


Mais de 10 mil pessoas acessaram o perfil no Facebook da agente Edvânia Nayara, de 23 anos, após a circulação do vídeo, nesse fim de semana, em que ela aparece sendo agredida em um clube recreativo de Três Corações, no interior de Minas Gerais. Vários usuários classificaram o agressor como "covarde" e "vagabundo". Também foram criados alguns perfis e páginas de apoio à mulher agredida com frase do tipo "não se cale".

No fim da noite desse domingo (18), a agente postou: "Gente foi excluída minha publicação e o vídeo falando sobre o agressor. Mas graças a Deus e a todos vocês que me ajudaram a compartilhar, o vídeo chegou em mãos boas que me ajudarão a resolver e a solucionar todo esse acontecimento. A única notícia boa que tenho pra dar pra vocês é que o agressor está preso. Mais continuem compartilhando para que outras mulheres não passem por isso e  que tenham coragem de denunciar os agressores". 

O vídeo da agressão mostra o homem discutindo com a agente e dando um tapa no rosto dela. Em seguida, ele a derruba no chão e chuta o corpo da mulher de 23 anos. A gravação feita no sábado foi postada por Edvânia no facebook, que declarou: "Fui vítima de um vagabundo que bateu na mulher dele DELEGADA ANA PAULA , que eu fui ajudar ela nem se quer tava ali pra me defender ou falar alguma coisa do tipo. Mas eu tenho minha consciência limpa que mesmo saindo na pior eu fiz o que era certo no momento !", escreveu.

Ao ser agredida, a esposa do homem teria jogado a chave do carro para Edvânia e o homem foi tentar recuperar o objeto. Outro agente do clube é visto no vídeo tentando paziguar a situação. De acordo com a Polícia Civil, além da esposa e da vigilante, o homem violentou ainda um outro senhor. 

O órgão afirma que o agressor foi preso em flagrante. Foi instaurado um inquérito para investigar o caso. Em 2007, o rapaz já havia sido preso, acusado de homicídio, tráfico de drogas e formação de quadrilha. Ele respondia em liberdade. As informações são do Hoje em Dia

Postado por Passos 24 Horas on 10:43. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos