nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

Comissão de Saúde conhece relatório do último quadrimestre


A Comissão de Saúde e Ação Social da Câmara Municipal de Passos esteve reunida hoje à tarde (23 de fevereiro) para conhecer o relatório da Secretaria Municipal de Saúde referente ao último quadrimestre de 2016 (setembro a dezembro). A audiência pública, agendada pela Secretaria, aconteceu no plenarinho, reunindo  sete vereadores e toda a equipe de direção da Saúde, tendo a frente a secretária Elexandra Helena Bernardes.
Os vereadores dr. Rodrigo Barreto (PSD), Alex Bueno (PSD) e João Serapião (PR) compõe a Comissão de Saúde e Ação Social. Além dos dois primeiros – o vereador João Serapião encontrava-se em viagem de trabalho – participaram da audiência os vereadores Raimundo Leandro (PR), Aline Macedo (PR), Rodrigo Maia (PP), Dona Cida (PT) e Erick Silveira (PMDB).
A secretária Elexandra respondeu a pergunta dos vereadores. Os encarregados de departamentos da Secretaria expuseram os números de cada setor. Uma das questões levantadas pelo vereador dr. Rodrigo Barreto, em relação a perda de repasses financeiros que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) teve no segundo semestre, foi apontada nos quadros, segundo os quais a falta de lançamentos que alimentavam o sistema provocou queda dos indicadores de atendimento – o que teria acarretado à falta dos repasses pelo Ministério da Saúde.
Em um dos quadros, os relatórios apontaram que no quadrimestre foram fechadas em Passos 6 salas de vacinas por deslocamento de pessoal. Segundo a secretária, a administração não tem a intenção de assumir a gestão plena da saúde no município, porque faltaria ainda estrutura adequada para que isso ocorresse.
Sobre a divulgação de que houve o registro de 20 casos de violência doméstica no quadrimestre, casos estes que segundo a Secretaria quando caem no SUS têm que ser notificados, a vereadora Aline Macedo indagou qual o encaminhamento que tem sido feito no contexto para políticas públicas volta para as mulheres. Já o vereador Raimundo Leandro pediu esclarecimentos sobre denúncias veiculadas segundo as quais o setor de zoonoses teria pago por materiais cujas caixas teriam sido entregues vazias.

Por Ascom/Câmara Municipal de Passos

Postado por Passos 24 Horas on 17:48. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos