[Fechar]

.....

.....
nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

Servidores da UEMG solicitam apoio do deputado Cássio Soares


Servidores contratados da UEMG (Universidade do Estado de Minas Gerais), procuraram mais uma vez o deputado estadual Cássio Soares para solicitar apoio para manutenção da boa prestação de serviços da instituição. Estiveram no gabinete do deputado na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), em Belo Horizonte, o reitor da Universidade, Dijon Morais, acompanhado da diretora da unidade de Passos, Tânia Delfraro, de representantes da unidade de Divinópolis e de funcionários contratados temporariamente após a absorção das Fundações.

Cássio Soares reafirmou o seu trabalho para o fortalecimento da instituição, destacando que já possui aprovação da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia da Assembleia para a realização de um debate público para tratar de vários assuntos relacionados à instituição. Na oportunidade, Cássio também defendeu a manutenção dos atuais profissionais e também a realização de um concurso público.

Diante dos pedidos apresentados na reunião para a alteração da lei de contrato temporário para permitir a prorrogação dos contratos do ensino superior, Cássio destacou a importância do debate público para discutir esses e outros desafios enfrentados pela Universidade.

"Como o processo de estadualização de algumas unidades aconteceu recentemente, ainda precisamos avançar muito para oferecer a tranquilidade necessária aos funcionários e um ensino mais qualificado aos alunos. Por isso, esse debate será tão importante para discutirmos e alinharmos nossos objetivos para a construção de uma UEMG cada vez mais forte", avaliou o deputado Cássio.

Como destacado no encontro, Cássio defendeu a permanência dos atuais funcionários nos cargos até a realização de um concurso público, destacando que a realização de um processo seletivo simplificado para a contratação de outros profissionais traria um alto gasto ao Estado e não resolveria definitivamente o problema.

"Além dos gastos para a realização de um processo que não resolveria o nosso problema, correríamos o risco de ter as atividades prejudicadas. Por isso, reafirmei o meu compromisso de continuar trabalhando junto ao Governo para a continuidade das atividades desempenhadas pelo atual corpo administrativo e de funcionários, garantindo o funcionamento da Universidade", afirmou o deputado estadual.

Por fim, o deputado Cássio Soares reforçou mais uma vez a importância da realização do concurso público para resolver definitivamente o clima de incerteza que permeia a Universidade.

"A UEMG tem um grande potencial para auxiliar ainda mais no desenvolvimento social e econômico do nosso Estado. Nesse sentido, tenho certeza que o concurso público será fundamental para garantir mais tranquilidade aos alunos e profissionais, contribuindo diretamente para um ensino mais qualificado. Por isso, destaco mais uma vez a importância do nosso trabalho conjunto de discussões e cobranças para o fortalecimento da Universidade”, destacou o deputado Cássio.

Vale destacar, que de acordo com a Lei Estadual nº 20.807, de 26/07/2013, o concurso deveria ter sido realizado em até 120 dias após a absorção das fundações, que como no caso de Passos, já aconteceu há mais de dois anos.

Por Ascom/Deputado Cássio Soares

Postado por Passos 24 Horas on 17:43. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos