[Fechar]

.....

.....
nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

Hemominas comemora o Dia Mundial do Doador de Sangue e trabalha para ampliar o número de colaboradores


A campanha Junho Vermelho -- liderada em Minas Gerais pelo Governo do Estado, por meio da Fundação Hemominas - chama a atenção da população para a importância da doação de sangue, principalmente nesse período do ano, em que os estoques ficam muito baixos, alguns chegando a níveis críticos.

Nesta quarta-feira (14/6) é celebrado o Dia Mundial do Doador de Sangue, data criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para lembrar o cidadão da importância de salvar vidas.

No interior, cada unidade da Hemominas terá sua programação. 

Desafio permanente

A realidade das doações em Minas Gerais é parecida com a nacional, com menos de 2% da população cadastrada como doadora. Contudo, o ideal, segundo a Hemominas, seria alcançar 3%.

Campanhas são realizadas em períodos que antecedem os momentos mais críticos como Carnaval, Dia das Mães, Junho Vermelho, Dia dos Pais e festas de fim de ano. 

No mês de junho, os estoques ficam muito baixos em razão da queda na temperatura, quando as pessoas costumam ficar mais reclusas, porém, mais propensas a resfriados e gripes. Outro ingrediente que diminui o número de doadores é a vacinação.

Nessa época, muitas pessoas se imunizam contra a gripe, e neste ano, especialmente, a vacina da febre amarela foi bastante procurada em razão do surgimento de casos da doença em muitos municípios brasileiros.

Quando são vacinadas, as pessoas precisam obedecer a um prazo variável para restabelecer a condição de doador. A vacina da febre amarela, por exemplo, exige 30 dias.

Conforme a Hemominas, 42% de todos os doadores são do tipo “O positivo”, enquanto os outros 58% são formados por todos os outros grupos sanguíneos juntos, sendo que os negativos são imprescindíveis nos casos de urgência e emergência, como vítimas de acidentes.

Atualmente, existe um sistema eletrônico que facilita o acesso do doador, entretanto, há preocupação constante com a segurança na doação e a entrevista se repete todas as vezes com os mesmos questionamentos numa relação de confidencialidade.

A Hemominas considera imprescindível que o doador se preocupe com a saúde e tenha sinceridade nas informações prestadas, inclusive se ele está alimentado no momento da doação. Os homens podem doar sangue até quatro vezes ao ano, e as mulheres, três vezes.

Estrutura estadual

As unidades da Hemominas atendem -- por meio de contratos e convênios -- grande parte dos estabelecimentos de saúde de Minas Gerais, cerca de 600 entidades conveniadas, incluindo hospitais públicos, filantrópicos e particulares, alcançando aproximadamente 800 municípios, direta ou indiretamente.

Com estrutura e gestão administrativa singular, regulada pelo decreto 43.668, de 26/11/2003, a fundação integra-se por meio de sistema de rede de unidades hemoterápicas hierarquizadas, descentralizadas nas macrorregiões do estado (hemocentros, hemonúcleos e unidades de coleta e transfusão), porém, com uma administração central. 

Com sede em Belo Horizonte, a Fundação Hemominas está presente em todas as regiões do estado. 

Contemplando as mesmas regiões, porém facilitando a descentralização, há a atuação dos hemonúcleos, das unidades de coleta e transfusão e de postos avançados de coleta externa. Com essa estrutura, Minas Gerais  está preparada para que o cidadão exerça sua solidariedade fazendo a doação de sangue e medula óssea.  

Pré-requisitos do doador

Para ser doador de sangue o interessado deve ter entre 16 e 69 anos, peso acima dos 50 kg, estar em condições plenas de saúde, estar alimentado e não ter ingerido bebida alcoólica nas 24 horas que antecedem a doação.

O candidato deve apresentar documento original oficial com foto, filiação e assinatura. De cada pessoa é possível retirar até 450 ml de sangue, volume que não faz falta ao doador e contribui para atender até quatro pacientes.

O horário de atendimento das unidades e os endereços em todo o estado podem ser acessados no site www.hemominas.mg.gov.br. Nesse mesmo endereço, é possível, realizar o agendamento online da doação de sangue. Todas as condições, critérios e restrições podem ser consultados neste link página da Hemominas.


Por CEIMP/Governo de Minas

Postado por Passos 24 Horas on 17:19. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos