[Fechar]

.....

.....
nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

Vereadores buscam saídas para melhorar a saúde em Passos


A Saúde voltou ao debate nessa sexta-feira na Câmara Municipal de Passos, quando os vereadores receberam lideranças como o deputado Renato Andrade e representantes de outros quatro deputados, além de dirigentes da Santa Casa de Misericórdia de Passos, para a definição das prioridades que vão ser levadas na semana que vem a Brasília. Uma audiência está marcada com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, para a próxima terça-feira.

O encontro do início da noite de hoje no plenarinho foi articulado pela Comissão de Saúde da Câmara Municipal, depois de constatada a necessidade de mobilização de todas as maiores lideranças políticas, com o objetivo de buscar recursos para o enfrentamento da crise da Saúde em Passos e a defesa da manutenção de todos os serviços da Santa Casa como referência para a região. 

O encontro foi presidido pelo vereador Alex Bueno (PSD), tendo recepcionado os visitantes junto com os vereadores João Serapião (PR), dr. Rodrigo Barreto (PSD), Rodrigo Maia (PP), Dona Cida (PT), Raimundo Leandro (PR), Aline Macedo (PR), Erick Silveira (PMDB), Téo Lemos (PSD) e Iran Parreira (PMDB). A presidente Isabel Ribeiro (Belinha/PP) estava doente e se ausentou.

A mesa foi composta pela secretária municipal de Saúde, Elexandra Bernardes, pelo superintendente regional de Saúde, Luiz Carlos Leite, e pelo deputado federal Renato Andrade, que anunciou o agendamento com o ministro da Saúde. Enviaram representantes o secretário de Governo, Odair Cunha, o deputado federal Rodrigo Pacheco e os deputados estaduais André Quintão e Geisa Teixeira. Compareceram representantes também do Conselho Municipal de Saúde, o provedor da Santa Casa, Vivaldo Soares, e o diretor administrativo Daniel Soares.

O vereador Alex Bueno disse que a Câmara está unida em torno da Santa Casa e quer fazer valer a força política da cidade, resumindo a preocupação do Legislativo de fazer frente a movimentos que estariam interessados em prejudicar o serviço de hemodinâmica do hospital. A secretaria Elexandra Bernardes relatou o quadro de dificuldades que o município tem sofrido por causa da dívida do Estado no setor, reafirmando que preocupa se há quem queira tirar o atendimento eletivo da cardiologia do hospital, quando seus serviços são reconhecidos como de ponta.

O deputado Renato Andrade disse que o ministro da Saúde irá receber a comissão do município no final da terça-feira. O parlamentar sugeriu que a lista com as prioridades esteja em Brasília já no dia anterior, para ser entregue à equipe técnica do Ministério, pois a reunião com o ministro deve ser de resultados.

Por Ascom/Câmara Municipal de Passos

Postado por Passos 24 Horas on 20:35. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos