[Fechar]

.....

.....
nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

Deputados federais podem se sentar em poltronas de até R$ 140 mil


Um vídeo postado no Facebook da Câmara Federal dos Deputados acabou sendo apagado pela página depois de gerar polêmica. No material eram exibidos vários modelos de cadeiras de design assinado que compõem o acervo da instituição.

Nomes de figurões da arquitetura e do design, como Oscar Niemeyer, Mies Van der Rohe e Charles Pollock, são os responsáveis por algumas das cadeiras ostentadas no vídeo. Todo esse glamour na decoração não poderia sair barato. Mesmo com o vídeo apagado da página oficial da Câmara na rede social, é possível ver os itens por meio do site do acervo da casa. Elas ficam em áreas comuns, salas de reuniões e espaços cerimoniais.

De acordo com Cristiano Ross, do Antiquário Cristiano Ross, “muitos desses móveis foram reeditados. Mas esses [da Câmara] são de época e foram fabricados antes de perderem a patente e virarem domínio público”. Esses fatores naturalmente contribuem para que os valores relacionados às cadeiras sejam ainda maiores. Além disso, os itens desenhados por Niemeyer são originais de época e, “além de não terem caído em domínio público, os móveis dele estão entre os mais cobiçados por colecionadores de móveis modernos brasileiros do mundo todo“.

Cristiano Ross e Guilherme Simões de Assis, da SIM Galeria, fizeram uma pesquisa e conseguiram descobrir os preços de 15 das 21 peças que aparecem no site da Câmara. O total passa dos R$ 350 mil, sendo a mais cara a poltrona Paris, de Oscar Niemeyer, que tem um valor de mercado de R$ 140 mil a unidade.

Procurada pela reportagem, a assessoria da Câmara Federal não se manifestou até as 18h desta quarta-feira (9).


Fonte: Gazeta do Povo/Haus

Postado por Passos 24 Horas on 10:12. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos