nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

Comitiva busca soluções para segurança de Passos


Em busca de melhorias para a segurança no município de Passos, uma comitiva liderada pelo deputado estadual Cássio Soares esteve na terça-feira, 05 de setembro, na Secretaria de Estado de Segurança Pública para solicitar investimentos ao setor e, ainda, o início das atividades do Centro Socioeducativo, conhecido como Casa do Menor.

Na reunião realizada na Cidade Administrativa de Minas Gerais, em Belo Horizonte, estiveram presentes o prefeito Renatinho Ourives; a presidente da Câmara, Isabel Ribeiro: o secretário Municipal de Planejamento, Renato Mohallen; o procurador do Município, Marcelo Vasconcelos e os vereadores Téo Lemos, Iran Parreira, Raimundo Leandro e João Serapião. Cássio Soares apontou ao secretário Sérgio Barboza a necessidade de se integrar as forças de Segurança Pública para uma solução na opressão à criminalidade. Ele mostrou a urgente necessidade de se colocar a Casa do Menor em funcionamento, tendo em vista as constantes ações de menores infratores no município, principalmente em crimes violentos, como roubos a mão armada.

“Os criminosos vêm tirando a paz das nossas famílias, do cidadão de bem, que vive diariamente em um clima de insegurança. Por isso, nos reunimos com o secretário, e cobramos mais uma vez o funcionamento da Casa do Menor, que segundo ele, irá acontecer nos próximos 60 dias. Mesmo com o funcionamento da Casa, destacamos que são necessários outros investimentos na segurança, os quais continuaremos cobrando e trabalhando para que sejam realizados”, afirmou o deputado Cássio.

Na ocasião, o secretário de Estado de Segurança Pública, Sérgio Barboza, anunciou que além do Centro Socioeducativo de Passos, que irá ofertar 40 vagas, será iniciada a construção de uma unidade em Alfenas para mais 90 internos. Junto à inauguração da Casa do Menor de Passos, será implantado também o Programa de Atendimento das Medidas Socioeducativas em Meio Aberto, conhecido como semiliberdade, com o objetivo de ressocializar adolescentes em conflitos com a lei. Serão, ao todo, 130 vagas para os municípios de Passos, Alfenas, São Sebastião do Paraíso e Guaxupé. Nas "casas de semiliberdade", jovens que cometeram pequenas infrações, terão a reinserção na sociedade baseada em algumas atividades, como cursos profissionalizantes. 

Outras necessidades apontadas pela comitiva foram a recomposição dos quadros das polícias Militar e Civil, bem como novas viaturas, inclusive motocicletas e patrulha rural para a PM. A necessidade de médicos legistas também foi tratada. “Tínhamos quatro médicos para atender a toda a região, o que já era defasado, neste mês de agosto teremos apenas um. Isso causa muitos transtornos, principalmente para os familiares de pessoas com morte violenta, em um momento já de muita dor”, explicou o deputado Cássio.

O prefeito Renatinho Ourives, por sua vez, esclareceu que está em tramitação o processo licitatório para a contratação da empresa que fará a manutenção das câmeras de segurança "Olho Vivo" e, ainda, que a Prefeitura realizou a compra de pneus para as viaturas da Polícia Militar.

ESTRATÉGICO

O secretário afirmou que irá trabalhar para que as demandas sejam atendidas e, ainda, que está sendo estruturado pela secretaria um Planejamento Estratégico para o combate à criminalidade de Passos.
“Porém, nenhuma ação será eficaz se não houver medidas de contenção de novos jovens para a criminalidade, como educação em tempo integral”, ressaltou o secretário.

Mesmo com os investimentos solicitados para a segurança, o deputado Cássio Soares destacou a todos a importância de se trabalhar na prevenção dos crimes, investindo assim na assistência social e educação.

“Em 2009, quando estive na Secretaria, havia 140 detentos no Presídio de Passos. Hoje, são 400 e a criminalidade só aumenta. Precisamos também trabalhar a prevenção, investindo na educação e assistência social, para que assim, as nossas crianças possam trilhar caminhos distintos ao do crime”, finalizou Cássio Soares.

Por Ascom/Deputado Cássio Soares

Postado por Passos 24 Horas on 20:36. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos