nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

Dono do Milan decreta falência, diz jornal; chinês nega


10 meses após se tornar proprietário do Milan, o chinês Yonghong Li, declarou estado de falência, de acordo com informações do jornal italiano Corriere della Sera.

O jornal ainda descreve que Li terá todos seus bens leiloados online através de um site especializado.

Li pagou €740 milhões (R$ 2.9 bilhões) em abril de 2017 para comprar 99.9% do Milan, que à época tinha como proprietário majoritário o ex-primeiro ministro italiano Silvio Berlusconi.

Para realizar a compra, Li utilizou apenas €100 milhões (R$ 401,2 milhões) de sua própria conta. Todo o restante usado foi decorrente de outros meios: €300 milhões (R$ 1.2 bilhão) de um empréstimo de um fundo de capital de risco e €340 milhões (R$ 1.3 bilhão) de fundos em paraísos fiscais.

A justiça determinou que não será possível o pagamento do empréstimo. Como consequência, a Zhuhai Zhongfu, empresa de embalagens avaliada em €60 milhões (R$ 240 milhões) e que tem uma das empresas de Li, a Shenzhen Jie Ande, como menor proprietária em 11.3%, já foi colocada à venda em leilão após decisão em tribunal.

O pedido para que a empresa fosse colocada à venda foi emitido há exatamente um ano, anterior a compra do Milan por parte de Li, mas foi adiada após recorrer a processo.

O jornal alega que Li já estava falido quando assumiu o controle do clube em abril de 2017.

A Comissão Reguladora de Valores Imobiliários da China também anunciou que foi aberto uma investigação a Shenzhen Jie Ande após a empresa não conseguir encobrir a falência de Li após diversos meses.

Relatórios da situação financeira de Li circularam na mídia após a compra do Milan ser realizada, com o The New York Times e o jornal financeiro Il Sole 24 Ore investigando o proprietário chinês e concluir a falta de fundos suficientes.

Chinês nega acusações

Após a publicação do jornal, Yonghong Li publicou no site oficial do Milan uma declaração negando que esteja passando por um processo de falência, chamando as notícias de "irresponsáveis" e que o clube opera de forma "estável" até o momento.

Vi que nas últimas 48 horas, alguns jornais noticiaram de forma irresponsável notícias falsas que atingiram o clube, minhas empresas, minha família e a mim próprio.

Desde o dia em que comprei o AC Milan, tenho encontrado dificuldades e estado sob enorme pressão. Após estes relatórios e as notícias irresponsável, gostaria de tranquilizar a todos que estão no clube e no time. Nós não entendemos o propósito destas alegações, mas eles atingiram um ponto em que o clube foi seriamente atingido, assim como minhas empresas e minha família.

Portanto, quero ter a oportunidade de explicar – espero que pela última vez – que a situação envolvendo minhas finanças é segura e tanto o clube quanto minhas companhias estão trabalhando de maneira estável.

Desta forma, espero que nenhum crédito seja dado às últimas notícias veiculadas, que são mentirosas e que a atenção pode voltar ao que mais interessa, que é no gerencialmente e na melhora da equipe, o que seguimos apoiando nosso técnico Rino Gattuso.

Faremos tudo o que pudermos para o clube retornar ao topo. Tenho acompanhado cada jogo nesta temporada. Vi jogadores chorarem após uma derrota na pior parte da temporada, assim como vi David Han Li e Marco Fassone celebrarem nossas vitórias.

Nós podemos lidar com esta grande pressão porque estamos convencidos de que podemos atingir grandes coisas e recompensar todos os torcedores do AC Milan ao redor do mundo.

Obrigado ao comprometimento de todos, e o time está aproveitando uma boa sequência agora. Agradeço ao técnico Gattuso e a todos os jogadores pelo esforço feito, e vejo o time melhorando em cada aspecto.

Obrigado a todos!

O Milan é apenas o 7º colocado do Campeonato Italiano com 12 vitórias em 25 rodadas. No último domingo, os rossoneri venceram a Sampdoria na última rodada por 2 a 0, e agora se preparam para encarar o Ludogorets na Europa League nesta quinta-feira.

Por ESPN.com.br

Postado por Passos 24 Horas on 09:39. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos