nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

Deputado defende a não privatização de Furnas


O deputado estadual Cássio Soares defendeu a não privatização de Furnas Centrais Elétricas durante audiência pública da Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Em seu posicionamento, defende ainda que sejam compensados os municípios atingidos pelo Lago de Furnas, tanto na questão social, quanto ambiental. A reunião aconteceu na manhã da última segunda-feira, 12 de março, com a presença de parlamentares, prefeitos e lideranças sindicais.

O movimento é contra a intenção do governo federal de vender Furnas Centrais Elétricas, empresa subsidiária da Eletrobras que tem forte ligação com o Estado. A desestatização da Eletrobras está prevista no Projeto de Lei Federal 4.963/18, em tramitação na Câmara dos Deputados.

Em linhas gerais, os deputados presentes usaram como argumento a necessidade de manter sob o controle do Estado a gestão de ativos relacionados à soberania nacional, o custo financeiro, ambiental e social envolvido na construção de Furnas, assim como prováveis consequências da medida, como o aumento da tarifa de energia. “Temos que marcar uma posição clara contra a privatização de Furnas, mobilizar a sociedade para derrubar a proposta do governo, como aconteceu em relação à reforma da Previdência”, sugeriu o deputado Cássio Soares.

O parlamentar também defendeu que se cobre a recomposição de perdas que os municípios tiveram com a construção da Usina Hidrelétrica de Furnas, em São José da Barra. “A nossa região sofreu bastante com a construção. Fomos a Furnas várias vezes solicitar que melhorias fossem levadas a Delfinópolis, São José da Barra e demais municípios atingidos. A estatal nos deve respostas tanto na questão social quanto ambiental. Queremos a manutenção de Furnas no Poder Público, mas queremos também que Furnas dê retorno à nossa comunidade da região”, afirmou Cássio.

Desde 2015, o deputado vem trabalhando para que essas reposições aconteçam. Foi neste ano que Cássio Soares apresentou requerimento na Comissão de Minas e Energia da ALMG para que fosse debatido quais os impactos causados e os investimentos feitos.  “E gostaria que Furnas estivesse presente para dar o seu parecer das ações compensatórias para todos os municípios atingidos na nossa região, na produção e geração de água, na manutenção e preservação de nascentes. Retornos que não temos, infelizmente”, finalizou o deputado, reafirmando o compromisso de continuar lutando por esses ideais.

Por Ascom/Deputado Cássio Soares

Postado por Passos 24 Horas on 20:23. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos