nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

Governador participa da formatura de 91 investigadores da Polícia Civil de Minas Gerais


O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, participou nesta quarta-feira (21/3), no auditório JK, na Cidade Administrativa, da formatura de 91 novos investigadores da Polícia Civil e da entrega da Medalha Gilberto Porto, concedida aos alunos com melhor classificação no curso.  Nos últimos quatro anos, mais de 1.600 novos investigadores foram nomeados para atuar na capital mineira e no interior do estado.

Os novos integrantes vão reforçar as ações da Polícia Civil, majoritariamente nas cidades do interior do estado. A adesão desses novos policiais vai possibilitar maior agilidade na solução de crimes e melhoria da segurança pública, uma das demandas da população recebida pelos Fóruns Regionais de Governo. 

Fernando Pimentel elogiou o comprometimento dos novos investigadores e afirmou que o ingresso deles na carreira da Polícia Civil é um anseio da sociedade mineira.

“É uma alegria para vocês, mas também para nós. E aí eu não falo como governador, falo como cidadão de Minas Gerais. Cada novo policial que se integra à carreira é uma força a mais para Minas Gerais na área da segurança pública. Então, como cidadão, tenham certeza que Minas Gerais inteira está muito feliz com a chegada de vocês”, afirmou o governador.

Pimentel também destacou que a área da segurança tem apresentado desempenho superior ao do restante do país, com registro de queda dos índices de criminalidade em todo o Estado graças ao esforço da atual gestão, apesar de todas dificuldades financeiras e da crise política nacional.

“Isso, é claro, tem a ver com o esforço, o trabalho e o empenho de cada um dos policiais civis, e também, claro, da Polícia Militar e do corpo de agentes prisionais. É a dedicação de cada um desses servidores públicos, com o apoio do Governo, ainda que com dificuldade, mas se esforçando para equipá-los com equipamento de primeira qualidade, para treiná-los de maneira adequada e dar-lhes o apoio necessário nos seus embates com a criminalidade”, afirmou.

Os formandos serão distribuídos em postos de trabalho de acordo com critérios técnicos e objetivos que compreendem, dentre outras coisas, nota classificatória do concurso, análise da demanda de novos policiais em cada região, índice de criminalidade e o tamanho da população de cada município.

Durante quatro meses os policiais passaram pelo curso de formação da Academia de Polícia Civil (Acadepol). A função do investigador é, entre outras, colher as impressões digitais para identificação civil e criminal, captar e interceptar dados, comunicações e informações, assegurar a custódia provisória de pessoas no curso dos procedimentos policiais, realizar inspeções e operações policiais e promover a mediação de conflitos.

Segurança

Ao todo, 412 novas viaturas foram entregues à corporação de 2015 até este ano pelo Governo de Minas Gerais. O objetivo é melhorar as condições de atuação dos policiais, equipando os agentes da segurança pública em Minas Gerais. No ano passado, 66 novas viaturas passaram a ser usadas na capital mineira e demais municípios do estado. A previsão é que, neste ano, sejam entregues outras 400 viaturas para reforço da atuação dos policiais no Estado.

Outros projetos desenvolvidos pelo governo buscam dar mais condições de atuação para a Polícia Civil de Minas Gerais como o processo de reformas e implementação de 50 delegacias no Estado, além da criação de novos Postos de Identificação, Departamento e Regionais. 

O chefe da Polícia Civil, delegado João Octacílio Silva Neto, destacou essas entregas e agradeceu o empenho do governador Fernando Pimentel na melhoria da estrutura da Polícia Civil, além de relembrar as entregas realizadas nos últimos três anos.

“O senhor assumiu o governo com déficit astronômico e, apesar de todas as dificuldades financeiras herdadas, conseguimos receber diversas viaturas e temos outras 400 que serão acrescentadas à nossa frota ainda neste ano. Vamos, ainda, inaugurar em breve o maior centro de treinamento policial avançado da América Latina, em uma área de 420 hectares localizado na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Agradeço ao senhor governador pelos concursos realizados e pela convocação dos excedentes. Se não fosse a boa vontade pessoal do nosso governador, nós teríamos muita dificuldade em convocar os excedentes”, ressaltou.

O chefe da corporação também lembrou dos investimentos realizados pelo Estado na reforma de delegacias policiais, delegacias de comarcas e postos da Medicina Legal.

Medalha

Instituída desde o ano de 1969, a medalha Gilberto Porto homenageia os alunos com as melhores notas no curso de formação com a honraria nas categorias ouro, prata e bronze. Gilberto Porto foi um policial civil de destaque, que atuou entre os anos 1939 e 1958, lembrado pela excelência no trabalho e atuação junto à corporação.

O secretário de Estado de Governo, Odair Cunha, foi o paraninfo da turma de formandos. Também participaram da cerimônia o secretário de Estado de Segurança Pública, Sérgio Menezes; o deputado estadual Cabo Júlio; a diretora da Academia de Polícia Civil (Acadepol), Ana Cláudia Perry; representantes do conselho superior da Polícia Civil e demais autoridades das forças de segurança do Estado.

Por CEIMP/Governo de MG 

Postado por Passos 24 Horas on 15:32. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos