nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

Prefeito de Passos assina decreto do Projeto Bocaina Produtor de Água


O prefeito de Passos, Carlos Renato Lima Reis, assinou na última quarta-feira, dia 15 de agosto de 2918, decreto que cria o “Projeto Bocaina- Produtor de Água”. Com esta iniciativa, a administração municipal dá um passo importante no sentido de buscar o desenvolvimento dos cuidados ambientais na região.
                
Na solenidade de assinatura, estavam presentes no gabinete do prefeito o diretor do Saae, Pedro Teixeira, Marcelo Vasconcelos, procurador geral do município, além de José Luiz Ribeiro, secretário Municipal de Meio Ambiente, Agropecuária e Abastecimento.
                
Uma das atribuições do projeto é o Programa de Pagamento por Serviços Ambientais-PSA, que é uma transação contratual que visa transferência financeira entre compradores (ou consumidores) de um serviço ecossistêmico e vendedores (e/ou produtores) de serviços ambientais que asseguram a manutenção de um fluxo ecossistêmico desejado.
                
Essa ferramenta ajuda na conservação e manejo adequado por meio de atividades de proteção e de uso sustentável, seguindo o princípio “provedor-recebedor”. Para o PSA funcionar deve haver provedores, pessoas engajadas capazes de preservar e manter o serviço ambiental. E também os compradores, pessoas interessadas que irão se beneficiar da proteção de tal serviço, como ONGs, empresas privadas, poder público, pessoas físicas, etc.
                
O foco do PSA hoje é bastante direcionado para proteção e recuperação dos recursos hídricos e biodiversidade e também para a mitigação das mudanças climáticas pelo sequestro de carbono através de diversas técnicas.

Outras atribuições do projeto:

- UGP: Unidade de Gestão do Projeto Produtor de Água na Bacia do Ribeirão Bocaina- Produtor de Água, um colegiado formado por representantes das instituições parceiras do projeto.

- PIP: Projeto Individual da Propriedade

- Serviço ecossistêmicos: define-se como sendo benefícios propiciados pelos ecossistemas naturais que são imprescindíveis para a manutenção de condições necessárias a vida.

- Serviços ambientais: define- se como sendo iniciativas antrópicas que favorecem a conservação, manutenção, ampliação ou restauração de serviços ecossistêmicos.

Por Ascom/Prefeitura de Passos

Postado por Passos 24 Horas on 17:07. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos