nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

Prefeitura de Passos faz a entrega de quase R$ 24 mil em material para Ternos de Congos e Moçambique


A Prefeitura de Passos celebrou uma especial noite nesta segunda-feira (15), Dia de Santa Tereza, com a participação dos Ternos e Congos e Moçambique no anfiteatro do Palácio da Cultura. Na ocasião, a administração entregou peles, instrumentos e tecidos para fardas que foram adquiridos por R$ 23.848,00 para atender os grupos da cidade.
                
Essa ação vem como uma forma de valorização e fomentação da cultura africana historicamente tão tradicional na região sudoeste mineira. Os instrumentos musicais utilizados são a cuíca, a caixa, o pandeiro, o reco-reco, o cavaquinho, o tarol, o tamboril, a sanfona e o acordeom, entre outros.
                
O material vai ser usado em várias festividades ao longo do ano, mas especialmente no mês de outubro, na festa de Nossa Senhora do Rosário. O ponto alto dos festejos é a coroação do Rei do Congo e a Vaquejada no final do ano.
                
O secretário municipal de Cultura e Patrimônio Histórico, Carlos Jorge Ribeiro, ressalta o compromisso que a gestão atual tem para com a cultura municipal. “Uma política que o prefeito Renatinho implantou nesse mandato é apoiar a cultura popular, como os ternos de Congo e Moçambique e as demais festas populares”, afirmou.
                
O presidente da Associação de Ternos e Congos de Passos, José Wellington Mizael,  o  Juca, agradece esse reconhecimento do poder público. “Isso é um resgate. Está nos alavancando, agora temos as peles e tudo que precisamos para os instrumentos, dando mais vida para festa. Fazia 25 anos que nós não tínhamos apoio, que não tínhamos reconhecimento e compromisso. Quero parabenizar o prefeito por ter escolhido o Caju como secretário e agradeço também à associação. Estamos agradecidos porque estamos sendo reconhecidos”, declarou.
                
Carlos Jorge também ressaltou em seu discurso que “fortalecendo a cultura, todos os ternos e nossas festas, nós nos fortalecemos. Uma cidade que não honra seu terno de congo, sua Folia de Reis não é uma cidade que vai prosperar”, disse.
                
O prefeito de Passos, Carlos Renato Lima Reis, salienta o valor que a cultura vem tendo na cidade. ”Nossa gestão foi a que criou a Secretaria de Cultura. É muito importante ver que  através da cultura que nos transformamos a cidade. Mesmo com o Estado nos devendo cerca de 40 milhões de reais, nós conseguimos fomentar a cultura de Passos”, finalizou.

Por Ascom/Prefeitura de Passos

Postado por Passos 24 Horas on 15:45. Marcadores , , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos