nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

Campanha de Vacinação contra gripe começa nesta quarta-feira (10/4)


Incorporada ao Programa Nacional de Imunizações em 1999, a estratégia de vacinação contra a influenza tem como objetivo reduzir internações, complicações e óbitos decorrentes das infecções causadas por esse tipo de vírus. Seguindo essa estratégia, nesta quarta-feira (10/04/2019), tem início a 21° Campanha Nacional de Vacinação contra a influenza, que seguirá até 31/5, sendo 4 de maio a data marcada para ser o Dia de Mobilização Nacional.

A campanha publicitária da Secretaria de Estado de Saúde (SES) está em fase final de elaboração e tem lançamento previsto para a próxima segunda-feira (15/4).

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina protege as pessoas contra três tipos de Influenza, A (H1N1), A (H3N2) e B. A vacinação também reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou óbitos.

Público prioritário

A grande novidade neste ano é a ampliação da vacina para as crianças na faixa etária de seis meses a menores de seis anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias).

"Também fazem parte do público elegível para vacinação adultos com 60 anos ou mais, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores das escolas públicas e privadas, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional”, explica Josianne Dias.

Ainda de acordo com a coordenadora, para as pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independentemente da idade, conforme indicação do Ministério da Saúde em conjunto com sociedades científicas, mantém-se a necessidade de prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina, que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

Confira a documentação para receber a dose

Documento pessoal

- Cartão de vacina

- Cartão de gestante, para mulheres grávidas

- Documento que comprove a gestação, pode ser cartão da gestante ou certidão de nascimento do filho, no caso de mulheres pós-parto até 45 dias

- Os Professores, profissionais da saúde e do sistema prisional devem apresentar documento que comprove vínculo profissional

Postado por Passos 24 Horas on 16:12. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos