nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem
nome_imagem

Comissão debate o Orçamento de 2020


A Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária da Câmara Municipal de Passos realizou na tarde dessa terça-feira (3 de dezembro de 2019) Audiência Pública para debater o projeto de Orçamento do município para 2020 e colher sugestões da sociedade civil.
O evento foi realizado no plenarinho. Apesar de sua divulgação intensa, com convites na mídia, incluindo redes sociais, para que a população participasse, poucos atenderam ao convite.
O projeto de  lei nº  033, do Executivo, que estima a receita e fixa a despesa do município para o exercício financeiro de 2020, prevê um orçamento de R$ 292 milhões, sendo desse valor R$ 255,8 milhões da administração direta (Prefeitura) e R$ 36,2 milhões  da indireta (autarquia Saae).
A vereadora Aline Macedo (PL), presidente da Comissão, abriu os trabalhos convidando o responsável pela Contabilidade da Câmara Municipal, Antonio de Pádua Cardoso, a explanar tecnicamente sobre o projeto. O vereador Alex Bueno (PSD), que compõe o grupo, também participou. A vereadora Isabel Ribeiro (Belinha/PP) justificou a ausência por problemas de saúde.
O presidente do Isepem e do Sindicato dos Comerciários, Davi de Oliveira, reivindicou recursos do orçamento para um programa que prevê a geração de emprego e renda, através de capacitação, e de ação ambiental, visando o aproveitamento do couro da tilápia. O dirigente defende a implantação de um curtume na cidade que aproveite o couro do peixe.
A presidente da Associação Reintegrar, Imaculada Conceição da Silva, defendeu a criação do Fundo Municipal para a Pessoa com Deficiência. Já o desportista Rogério Santos,  do Clube Passense Esporte e Cultura, cobrou transparência na execução orçamentária da Secretaria Municipal de Esportes e Juventude.
A vereadora Aline Macedo explicou que até a próxima quinta-feira (5 de dezembro) a Comissão continuará recebendo sugestões da sociedade civil, que poderão ser transformadas em emendas ao projeto que será votado pela Câmara Municipal.

Por Ascom / Câmara Municipal de Passos

Postado por Passos 24 Horas on 19:18. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem nome_imagem

Diversos