nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Cadastre-se e receba nosso Boletim Diário

nome_imagem

Municípios têm até sexta-feira para atingirem meta de vacinação contra a poliomielite e sarampo


A maioria dos 27 municípios da jurisdição da Superintendência Regional de Saúde de Passos (SRS Passos) ainda não cumpriu a meta de imunizar 95% da população-alvo das campanhas de vacinação contra a poliomielite e sarampo, que tiveram nova prorrogação de encerramento – agora, até 4 de dezembro, próxima sexta-feira. Em média, só foram aplicadas 37,40% das doses estimadas contra o sarampo e não passou de 82,49% o número de crianças protegidas do vírus causador da poliomielite.

Esse baixo desempenho vem preocupando técnicos em imunização do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, que passaram a solicitar mais empenho dos gestores da saúde para aumentar a cobertura vacinal.

Na SRS Passos, o Núcleo de Vigilância Epidemiológica (NUVEPI) volta a insistir junto aos prefeitos e secretários municipais de saúde para que garantam maior cobertura vacinal e registrem diariamente no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunização (SIPNI) as doses que forem aplicadas. “O cidadão a ser vacinado está no município e às secretarias municipais confere a responsabilidade de vaciná-lo, utilizando estratégias de alcance de cobertura e motivação”, diz a coordenadora do NUVEPI, Márcia Aparecida Silva Viana.

O município de Fortaleza de Minas é um dos que tem se esforçado para cumprir as metas de vacinação. Na campanha contra o sarampo, a equipe de imunização obteve o apoio dos agentes do Programa de Saúde da Família para ir atrás das pessoas que precisavam ser vacinadas contra o sarampo. Com essa estratégia, Fortaleza de Minas passou de 41,84% de cobertura vacinal em agosto para 62,82% em novembro, mas que ainda falta muito para chegar aos 95%.

Os percentuais de vacinação na área da SRS Passos acompanham o baixo desempenho de todo o estado, o que levou à nova prorrogação das campanhas – agora, até 4 de dezembro. De acordo com a Coordenação de Imunização da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), no estado, apenas 36,35% das pessoas de 20 a 49 anos de idade tomaram a vacina. Das crianças, somente 76,73% estão imunizadas.

Para a Coordenação de Imunização da SES-MG, esses números podem ser explicados mais pela falta de registros das doses aplicadas no SINPI do que pelo desinteresse dos pais em vacinarem seus filhos ou dos adultos em se proteger do sarampo. Em outubro, apenas 33 municípios registraram doses no sistema de informações, em novembro esse número passou para 820. “Com isso, vemos que os municípios não têm realizado o registro diariamente no site do SINPI”, diz a Coordenação de Imunização.

Por Ascom / SRS Passos - (01/12/2020)

Postado por Passos 24 Horas on 18:18. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos