nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

51ª Edição do festival Nacional da Canção se consagra em Passos


A 51ª edição do Festival Nacional da Canção, que aconteceu nos dias 3,4,5 e 6 de setembro, em Passos,  levou ao público - limitado a 100 pessoas -  muita alegria, boa música e descobertas. Pela primeira vez o festival aconteceu na cidade de Passos, no Sudoeste de Minas. Com entrada gratuita, o evento encantou centenas de pessoas. Durante o dia aconteceram  atrações culturais como dança, artes circenses ,teatro,  música erudita e instrumental que alegraram crianças e adultos. A noite foi a vez de acompanhar as apresentações das classificadas para o maior festival de música do Brasil. O evento aconteceu de forma híbrida. Os apresentadores chamavam as músicas que eram exibidas em telões, intercalando com  outras atrações presenciais:  música erudita,  instrumental , dança e show de música popular brasileira.  Uma estrutura inédita com exibições em três dimensões fez com que o público pudesse viajar em cada música.

Foram 1.310 músicas inscritas por artistas do Brasil e do exterior. Destas 55 foram classificadas. A qualidade das canções impressionou os jurados. Seriam 10 finalistas, mas como presente para os classificados, 17 músicas foram premiadas. Foram distribuídos quase R$ 80 mil em prêmios.

Grande final

Em uma edição especial a noite da grande final foi cheia de surpresas e muita emoção. Aos poucos o público foi descobrindo as grandes finalistas. Do 11º ao 17º lugar as músicas receberam R$ 1.500. As canções do 6º ao 10º lugar são premiadas com R$ 2 mil reais. De Blumenau, Santa Catarina, vem o melhor interprete. A música A Cara do Rei uma composição de John Mueller e Gregory Haertel com interpretação John Mueller e Mazin Silva e recebe uma premiação de R$ 3 mil. 

No 5º lugar a música "Quem chora”, composição de Dudu Lellis com interpretação do Grupo Madalena. A canção também recebe R$ 3 mil. 

Na 4ª colocação a música de Belo Horizonte “Pescador Cavaleiro”, composição de Mundin , Márcia e Valter rocha e interpretada por Mundin Rocha, Jhê, Augusto Cordeiro, Paulim Sartori, Camila Rocha e João Paulo Drumond. Ela recebe R$ 7 mil. 

A 3ª colocação, além do troféu também é premiada com a R$ 10 mil. A música “Tanto pra Chegar” uma composição de Bhezão, Nô Stopa e Paulinho Pedra Azul, com interpretação de Duas Casas - Bhezão, Nô Stopa e Octavio Amado. 

O 2º lugar no maior festival de música do Brasil recebe a premiação de R$ 15 mil, além do troféu. A música de São Paulo, “Nó de Marinheiro”, uma composição de Pedro Iaco e Guinga, interpretada por Pedro Iaco e Coral Jovem do Estado de SP, encantou os jurados. 

A grande vencedora do Festival Nacional da Canção de 2021 é a música “Qualquer outra coisa”. uma composição de Marcos Marinho e Achiles Neto, e interpretação de Caim. Além do troféu Lamartine Babo a canção de Maracás na Bahia recebe o prêmio de R$ 20 mil reais.

Pandemia

Uma grande preocupação durante essa edição do Festival foi em relação a pandemia do coronavírus que atinge o mundo. Pensando em fazer um evento com muita segurança toda a equipe que trabalhou no evento e os artistas que se apresentaram fizeram testes no local do evento. O público limitado a 100 pessoas, cadeiras com distanciamento, uso de máscara e álcool e gel foi exigido durante as apresentações.

Sobre o Festival:

O Festival Nacional da Canção nasceu em 1971 embalado pelo sucesso dos festivais da TV Record, que revelaram grande parte dos principais compositores e intérpretes brasileiros. Realizado ininterruptamente durante 51 anos, consagrou-se como o maior evento do gênero em todo o país. O trófeu Lamartine Babo, que é entregue aos vencedores, passou a ser cobiçado por compositores de norte a sul do Brasil. O Festival tem, como principal objetivo, incentivar e divulgar valores da música brasileira, sejam eles compositores, intérpretes ou instrumentalistas.

Milhares de compositores de todos os estados brasileiros se inscrevem anualmente e 120 mostram o seu trabalho nas cidades que sediam o evento, apresentando a boa música que se faz no país. Em 2020 pela primeira vez o Festival aconteceu de maneira on-line, devido à pandemia. Já em 2021 uma edição especial para comemorar os 300 anos de Minas Gerais foi feita também de forma on-line. O Festival apresentou um cenário 100% virtual, com uma tecnologia inovadora entre os festivais de música no Brasil.

Por Ascom/Festival Nacional da Canção - (09/09/2021)

Postado por Passos 24 Horas on 10:54. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos