nome_imagem
nome_imagem
Publicidade
nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem
nome_imagem

Ampliação do serviço: violência contra a mulher também pode ser denunciada por meio do Disque Denúncia 181


Fazer uma denúncia de agressões sofridas por uma vizinha, amiga ou parente é uma forma de prestar solidariedade e apoio às mulheres. Por um simples telefonema para o Disque Denúncia 181, com anonimato garantido, um cidadão pode ajudar as polícias a reduzirem às violências contra a mulher. A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) divulga, nesta semana, uma série de matérias pelo Dia da Mulher, sobre programas, ações e tecnologias criados e mantidos para combater este e outros crimes. Um deles, é o serviço de denúncias anônimas e sigilosas 181.

O DDU existe há mais de uma década, e sempre atendeu denúncias de violência contra mulher, porém, ela era classificada de forma pulverizada, em outras categorias. Os analistas do serviço perceberam a importância de criar a natureza “violência doméstica contra a mulher”, para o crime ser avaliado e combatido de forma mais eficaz, o que aconteceu em janeiro de 2021.

“O importante é o que você diz, não quem você é”

Este é o slogan do Disque Denúncia. O cidadão não pode e não precisa ter receio em usar o serviço. O 181 é um elo entre a sociedade e as forças de segurança. Por meio do serviço é possível solucionar crimes, a partir da ajuda de quem se dispõe a telefonar e contar sobre uma atividade suspeita.

O DDU é um serviço gratuito, por meio do qual os cidadãos passam informações sobre crimes e sinistros, de forma anônima e sigilosa. O canal está disponível para os 853 municípios do Estado. Para denunciar, basta ligar para o número 181, que funciona como uma central de atendimento unificada, formada por profissionais treinados e capacitados, que trabalham 24 horas para atender a população.

As denúncias anônimas aproximam a população das forças de segurança, ajudam a proteger as mulheres, e a sociedade dos mais diversos tipos de crimes. O 181, contudo, não oferece resposta imediata, já que existe um prazo de 90 dias para apurar e responder a denúncia apresentada. Quando o cidadão precisar de uma resposta mais rápida, como em casos de flagrante e urgência, por exemplo, deve entrar em contato direto com as corporações: Polícia Militar (190), Polícia Civil (197) e Corpo de Bombeiros Militar (193).

Texto: Bernardo Carneiro

Divulgação / Sejusp - (08/03/2022)

Postado por Passos 24 Horas on 16:59. Marcadores , . Adicionar aos favoritosRSS 2.0

Postagens Recentes

Passos 24 Horas

nome_imagem

Diversos